sábado, 11 de agosto de 2012

Anísio Campos, o filme

A notícia já não é tão nova assim, mas por sua importância merece um reforço. E também um convite.

O tema, você já sabe, é o documentário sobre Anísio Campos e os automóveis que ele desenhou. A direção estará a cargo de Raquel Valadares, filha de Anísio e cineasta com diversos documentários no currículo, além de trabalhos para a TV Globo, o Canal Futura e o Multishow.


Anísio Campos dispensa apresentações, mas nunca é demais relembrar alguns de seus projetos mais significativos: o gran turismo Puma-DKW, o streamliner Carcará e o urbano Dacon 828. Grande animador do automobilismo nacional nas décadas de 1960 e 1970, esse dublê de piloto e designer soube suprir a falta de credenciais acadêmicas com uma intuição certeira e um entusiasmo sem limites. Se não foi o primeiro brasileiro a se aventurar pela seara do design automotivo, foi e continua sendo o mais prolífico de todos.


A iniciativa desse documentário, provisoriamente batizado de "Homem-Carro", merece os aplausos e o apoio de todos os entusiastas brasileiros. Ele irá resgatar um pedaço importante da história do automóvel em nosso país, com a participação direta de um de seus principais protagonistas.


TEASER HOMEM CARRO (CATARSE) from Anima Lucis on Vimeo.

Outro aspecto louvável do projeto é a sua forma de financiamento, Ao invés de pleitear as verbas públicas da Lei Rouanet (o que, convenhamos, seria pura perda de tempo, já que o governo é incapaz de reconhecer a importância do automóvel como meio de expressão cultural), Raquel Valadares resolveu apostar na modalidade do crowdfunding. E é aí que entra o convite a que me referi no início: quem gostou da idéia desse documentário pode contribuir uma quantia em dinheiro para a sua viabilização. Eu gostei e contribuí. O processo é rápido e indolor através da plataforma colaborativa Catarse (onde é possível conhecer mais detalhes sobre o projeto), e os valores para contribuição começam a partir de R$ 20,00. É menos do que se gasta para ir ao cinema, sem incluir a pipoca. Naturalmente, contribuições em valores mais elevados serão muito bem vindas, dando direito a contrapartidas que vão desde DVDs do documentário até desenhos e esculturas assinadas pelo próprio Anísio.

O montante arrecadado até o momento já passa da metade da verba estimada para a produção, orçada em modestíssimos R$57.318,00. Mas há um detalhe importante: dentro do cronograma estipulado para o projeto, se essa meta não for atingida até o próximo dia 20 de agosto, o projeto estará automaticamente cancelado e todas as contribuições serão devolvidas. O que seria uma grande pena, para dizer o mínimo.

Portanto, não há tempo a perder. Vamos dar um gás para que o projeto se torne uma realidade. Esse filme é do Anísio Campos, mas também é de todos nós. 

5 comentários:

Anônimo disse...

... ESSE É FERA !


M.C.

Ron Groo disse...

Eu li sobre Anisio naquela revista chamada Automóveis Antigos e era uma edição onde contavam a história do Carcará.
Depois disto passei a admirar o homem mas não conhecia direito sua obra.
Espero pra logo este filme para poder aprender um pouco mais.

Rui Amaral Jr disse...

Estive com o Anisio e a Raki, ela está bem entusiasmada, recolhendo todo material possível!


Um abraço

Francisco J.Pellegrino disse...

O homem é fera e deve existir no meio empresarial automobilistico algum empresário que tenha a sensibilidade de patrocinar. Só o Puma DKW já nos deixa encantado...

Paulo Levi disse...

Caros, esse filme vai sair do papel! Mais de 130 pessoas contribuiram, de conhecidos empresários e pilotos a entusiastas que optaram por se manter no anonimato. Acabo de colocar no ar um novo post para dar a boa notícia em edição extraordinária.