quinta-feira, 7 de junho de 2012

Berlin Oldtimer Show, parte 1

O que esperar de uma exposição de carros antigos numa cidade que durante várias décadas esteve dividida entre o ocidente capitalista e o socialismo de inspiração soviética? Mais do mesmo - ou seja, uma disputa entre os automóveis americanos e os do leste europeu para ver a quem pertencia a maior delegação presente ao evento.

Como os carros americanos dos anos sessenta e setenta são carne de vaca nas mostras brasileiras, achei melhor deixá-los de lado para dar destaque aos automóveis da chamada cortina de ferro. E também a alguns modelos de outras procedências, que nunca (ou raramente) são vistos no Brasil.



Para começar, um soviético de quatro costados: o ZIM Gaz 12, um carro que faz lembrar as velhas limousines De Soto que funcionavam como lotações na São Paulo dos anos 1950.

Mas espere aí - o que é que esse elegante coupé BMW está fazendo no meio dessa turma?


Olhe mais de perto para o emblema:


É que na verdade esse não é um BMW mas sim um EMW, produzido na cidade de Eisenach sob supervisão das forças de ocupação russas até 1955. Quem teriam sido os felizes proprietários desses automóveis, e o que fizeram para merecer tal privilégio?




Da mesma forma, os DKWs das fotos acima atendem por outro nome. Eles são IFAs, fabricados na antiga fábrica da Horch em Zwickau.




Num encontro como o Berlin Oldtimer Show, não poderia faltar um nutrido pelotão de Trabants - até hoje, o grande ícone automotivo da cidade.



Esse é o Zaporozhets, um russinho com cara de NSU 1000.



Pelo jeitão do Volga GAZ-24, os russos também devem ter gostado do Ford Falcon.


Skoda 110R, o modelo mais esportivo da marca tcheca nos anos 1970.

Imagens: arquivo pessoal do autor. Reprodução permitida mediante atribuição a este blog

5 comentários:

Belair disse...

Paulo:
Volte para os americanos,por favor!!! kkkkkkkk

Irapuã disse...

Bela cobertura, Paulo.
Grato por compartilhar variedade tão interessante de veículos pouco conhecidos entre nós.
Abraço.

Anônimo disse...

Oi Paulo,
Que maravilha!
Um beijo da Marilia

Luís Augusto disse...

Gostei do Skoda!

Francisco J.Pellegrino disse...

Engenharia do outro lado do muro...valeu pelo teu excelente trabalho...