quinta-feira, 24 de junho de 2010

Jody Scheckter, de bad boy das pistas a paladino dos orgânicos

O gentleman farmer nessa cena pastoral, que mais parece saída da palheta de um Gainsborough, é ninguém menos do que Jody Scheckter, campeão mundial da F1 em 1979 pela Ferrari.

Verdade seja dita, o sul-africano Scheckter não é um gentleman farmer naquilo que a expressão traz implícito de amadorismo, mas sim um produtor rural totalmente dedicado à sua atividade. Na Laverstoke Park Farm, fazenda de sua propriedade na região de Hampshire, na Inglaterra, Scheckter cria suinos, ovinos e bubalinos de acordo com os preceitos da agropecuária biodinâmica. Além disso, sua fazenda produz leite e derivados - e até mesmo uma cervejinha, que ninguém é de ferro.

O Jody Scheckter versão 2010 tem fama de workaholic e durão, mas seus subordinados o respeitam por sua dedicação e conhecimento sobre cada detalhe da operação. E o seu envolvimento vai muito além do aspecto empresarial: Jody é hoje um fervoroso adepto dos alimentos orgânicos, sempre pronto a catequizar a quem quer que seja sobre os seus benefícios para a saúde humana e para a sustentabilidade do planeta.

E pensar que, no início dos anos setenta, Jody disputava com James Hunt o título de maior bad boy da F1. Quem te viu e quem te vê...

Imagem: revista Car (http://www.carmagazine.co.uk)

Nenhum comentário: